sábado, 13 de março de 2010

O caso das vacinas contra a gripe porcina - de novo!

Recebi hoje de manhã um e-mail de um amigo querendo confirmação a respeito de uma nota escrita por mim no ano passado sobre a gripe porcina (H1N1) e, embora não fosse minha intenção voltar a falar neste assunto, pelo menos não no Notalatina, vi-me forçada a fazê-lo considerando que começou a vacinação no Brasil desde o dia 10. Na nota que escrevi em 10 de outubro do ano passado, eu já alertava para o perigo de se tomar a tal vacina e da fraude monstruosa que fora criada para justificar uma vacinação em massa absolutamente desnecessária, e qualificar tal enfermidade como sendo uma “pandemia”.

Baseava-me, naquela ocasião, nos depoimentos de duas pessoas sérias: a monja beneditina catalã, Teresa Forcades, e a jornalista austríaco-irlandesa Jane Bürgermeister. Continuo acreditando na seriedade do trabalho dessas duas senhoras e confiando que ambas falam a verdade. E é por isso que retomo o tema, considerando que o tal “alarme pandêmico” vem sendo desacreditado desde janeiro deste ano pela União Européia, baseada nas denúncias feitas por essas duas estudiosas mas, mesmo assim, o Brasil fez vista grossa e continua, apesar de meses de atraso, a se acumpliciar com esta farsa criminosa.

Em 15 de janeiro de 2010, o informativo argentino Urgente24trazia uma matéria intitulada: Falsa pandemia: a União Européia investigará as farmacêuticas e a OMS por enganar a população”. Segue abaixo o texto traduzido, que prefiro reproduzi-lo na íntegra dada a sua gravidade:

“O Conselho dos Estados membros da Europa porá em marcha uma investigação em fevereiro de 2010 sobre a influência das empresas farmacêuticas na campanha mundial da gripe Porcina, centrando-se especialmente no grau de influência da indústria farmacêutica sobre a OMS (Organização Mundial da Saúde).

A Comissão de Saúde do parlamento da União Européia aprovou por unanimidade uma Resolução instando tal investigação. O passo é um movimento de longo prazo com o objetivo de conseguir transparência pública do ‘Triangulo Dourado’ de corrupção da OMS, da Indústria Farmacêutica e dos cientistas acadêmicos que geraram danos à vida de milhões de pessoas.

O Parlamento Europeu ficará encarregado de investigar a OMS e o porquê do escândalo da ‘pandemia’.

A moção parlamentar foi apresentada pelo Dr. Wolfgang Wodarg (na foto), ex-deputado do SPD no Bundestag (Parlamento alemão) e agora presidente da Comissão de Saúde do Parlamento Europeu.

Wodarg é um doutor em medicina e epidemiologista, especialista em enfermidades pulmonares e em medicina ambiental. Ele considerou que a campanha da OMS contra a ‘pandemia’ da gripe porcina foi ‘um dos maiores escândalos médicos do século’. O texto da resolução, que foi respaldado pelas Nações Unidas e um suficiente número de membros do Conselho do Parlamento Europeu, diz entre outras coisas:

‘A fim de promover seus medicamentos patenteados e suas vacinas contra a gripe, as empresas farmacêuticas fizeram uso de sua influência sobre os cientistas e sobre os organismos oficiais, responsáveis por estabelecer as normas de saúde pública, para alarmar os governos de todo o mundo e fazê-los gastar mal os recursos sanitários em ineficientes estratégias de vacinação e expor desnecessariamente milhões de pessoas saudáveis ao risco de uma desconhecida quantidade de efeitos secundários das vacinas que foram insuficientemente provadas. A campanha da gripe aviária (2005-2006), combinada com a campanha da ‘gripe porcina’, parece ter carregado um alto nível de danos não só em alguns pacientes vacinados e aos orçamentos públicos sanitários, mas também à credibilidade e à prestação de contas de importantes organismos internacionais da saúde’.

A investigação parlamentar examinará a questão da ‘falsa pandemia’ porque foi declarada pela OMS em junho de 2009 assessorada por seu grupo de experts acadêmicos, SAGE, muitos dos quais provou-se que têm fortes vínculos financeiros com os próprios gigantes farmacêuticos como Glaxo, SmithKline, Roche, Novartis, que se beneficiaram com a produção de fármacos e das não testadas vacinas contra a gripe H1N1. Também se investigará a influência da indústria farmacêutica na criação de uma campanha mundial contra as denominadas gripes aviária e H5N1 da gripe porcina H1N1. Será dado um caráter de urgência e prioridade à investigação na assembléia geral do Parlamento.

Wodarg diz que o papel da OMS e sua declaração de emergência pandêmica em junho de 2009, devem ser o primeiro objetivo da investigação do Parlamento Europeu. Os critérios da OMS para a declaração de uma pandemia foram modificados pela primeira vez em abril de 2009, requeridos simultaneamente com a notificação dos primeiros casos de gripe porcina no México, sem sinalizar para o risco real de uma enfermidade, senão que modificou-se o número de casos para a declaração de uma pandemia. Ao classificar a gripe porcina como uma pandemia, os países viram-se obrigados à aplicação de planos de pandemia e à compra de vacinas contra a enfermidade, mesmo quando ainda não era necessário.

Como a OMS não se acha submetida a controle parlamentar algum, Wodarg argumenta que é necessário que os governos exijam uma prestação de contas. A investigação examinará também o papel dos organismos públicos alemães encarregados de emitir diretrizes sobre a pandemia: o Paul-Ehrlich e o Instituo Robert-Koch”.

Bem, como vocês puderam atestar, trata-se da mais aberrante empulhação criminosa, o que está custando vidas com lesões neurológicas permanentes, além de óbitos desnecessários pois, como diz na própria resolução, vacinou-se pessoas saudáveis para fazê-las adoecer.

Mas NADA disto foi noticiado no Brasil pelos jornalões e muito menos pelo Ministério da Saúde, que estabeleceu uma tabela de vacinação e já começou esta prática criminosa. Deus permita que não tenham inoculado o vírus letal em muitas pessoas. Eu tenho esta informação desde janeiro deste ano mas, conforme disse acima, como este não é o tema abordado pelo Notalatina li com preocupação e arquivei; por isso agradeço ao amigo que me “cutucou” sobre o assunto, pois senão nem eu mesma ia lembrar. Como agora o insensato e comunista governo brasileiro resolveu dar sua contribuição à patifaria criminosa, não posso me calar, sob pena de estar cometendo crime por omissão. Espero que vocês, leitores deste blog, divulguem a quantas pessoas puderem alertando-as a não se submeterem a este crime de lesa-humanidade como cordeiros que seguem calados ao abatedouro sem berrar. Fiquem com Deus e até a próxima!

Comentários e tradução: G. Salgueiro

13 comentários:

Francisco Castro disse...

Olá!

A mídia deixar de alardear, mas a doença continua, embora com menos intensidade de quando surgiu.

Abraços

Francisco Castro

Tia Cê, a Luz emana de mim disse...

Graça, vou perder meu emprego mas a medicina agradece, hahaha, desculpe amiga mas esse eu vou espalhar pelo facebook e por na íntegra no emunctório, o créditto será sempre todo seu, me perdoa essa, só essa.

G. Salgueiro disse...

Olá, Francisco,

O que deve ser levado em conta, neste caso, é que esta gripe não tem NADA de anormal, muito menos para ser classificada de "pandêmica".
Leia a postagem que fiz no ano passado, e que indiquei nesta de hoje e você vai compreender a que me refiro. Ademais, a mídia só publicou - e com muito destaque - a mentira criada em torno desta farsa criminosa.
Por que os jornais TODOS estão publicando a tal tabela de vacinação mas NENHUMA informa de que na Europa o caso está sendo duramente contestado?
Esta atitude não merece respeito algum, muito menos serve como desculpa porque é inadmissível que a mídia brasileira não estivesse sabendo que todo este alarde estava sendo contestado e investigado desde janeiro.
É papel da imprensa INFORMAR e não deformar os fatos para satisfazer A, B ou C. Mídia isenta e que se preza age assim, coisa que há décadas não se vê no Brasil.
Atenciosamente,
MG

G. Salgueiro disse...

Tá bom, Cê; desta vez passa, porque a causa é justa.
Eu já coloquei no Facebook mas quanto mais se divulgar, melhor!
Obrigada pela "mãozinha". ;-)
Beijão
MG

Sebastião Inacio Filho disse...

Parabéns, senhora! Já venho alertando para o fato, mas pessoas preguiçosas merecem ditadores e totalitaristas.
Faço votos de melhoras da consciência do nosso povo.
http://drinacio.blogspot.com/

Anônimo disse...

Hum, interessante, a senhora buscou informações junto a OMS e o MS do BrasiL?

Mauricio disse...

A NWO está a todo vapor !!!!!!

Mauricio Carvalho disse...

Não tomo essa vacina maldita e aconselho o mesmo para quem quiser ouvir.

Laura disse...

Boa Noite Graça,
Recebi um email de um amigo sobre este texto que vc escreveu.
Eu já tinha lido uma reportagem com a entrevista da médica e monja franciscana espanhola,enviei um email para a pediatra da minha caçula e minha amiga,perguntando se ela tinha recebido alguma informação,ela não recebeu ou não procurou saber......Disse que entrou em contato com uma pessoa confiável da OMS e Ms do Brasil e eles disseram ser 100% confiável....Não me conformo de nenhuma das reportagens com pessoas sérias(exiscapaytem muitos textos rodando pela internet com um fundo místico,de conspiração,ordem mundial,etc) mas desprezar opiniões médica conceituadas na minha visão é crime.Resumo:a própria pediatra tomou a vacina na terça -feira,ela e muitos outros médicos.Eu prefiro aguardar.Gostaria de saber se posso divulgar este texto no facebook.Aguardo sua resposta,um abraço,Laura Andréa

G. Salgueiro disse...

Boa-noite, Laura!

Veja, eu não tenho o direito de dizer a você o que fazer, principalmente em relação à sua filhinha. O que tenho tentado é apresentar aos leitores FATOS que a mídia brasileira, bem como o MS, estão OMITINDO PROPOSITALMENTE porque querem obrigar as pessoas a tomar a vacina.
É óbvio que nem a OMS nem o MS vão falar contra uma vacina que eles querem empurrar a qualquer custo numa população desinformada e sem ter a quem recorrer!
Minha sugestão é que busquem informação FORA desses organismos, pesquisem e vejam o que dizem os cientistas sérios.
Quanto a publicar no Facebook ou em qualquer outro lugar, claro que tem minha autorização pois não estou inventando nem dando palpite irresponsável. Ademais, tudo o que escrevi aqui, no ano passado e agora, foi apenas a divulgação de trabalhos sérios de pesquisadores honestos e preocupados. Não é "minha opinião". Portanto, sinta-se à vontade!
Só lamento que haja médicos que agem como a pediatra de sua filha, que viram a cara para qualquer coisa que fuja da tirania da OMS e do MS, sem um estudo mais aprofundado do assunto...
Abração
MG

Laura disse...

Graça,obrigada ,estarei ostando no facebook.Concordo com vc,todos mas principalmente a área médica deveriam procurar obter informações fora daqui! Um abraço.

Daniel Leite disse...

Graça, recebi isso de um professor meu... Infelizmente achar informação de quem é essa Shirley é muito difícil...

"Meus alunos, meus amigos,
No próximo dia 25 de março, quinta-feira, a Cônsul Geral da Bolívia,
Sra. Shirley Orozco, fará uma exposição no Clube de Engenharia, 20º
andar, sobre o tema: Conferência dos Povos sobre câmbio climático e os
direitos da mãe Terra.

Nessa exposição, em que estará presente o Presidente do Clube de
Engenharia, a cônsul fará uma apresentação do que será a Conferência
que se realizará em Cochabamba e da qual participarão autoridades do
mundo inteiro.

Tratando-se de uma atividade patrocinada pelo Clube de Engenharia e
pela Casa da América Latina, contamos com a participação de todos.

Raymundo de Oliveira

Presidente da Casa da América Latina"

G. Salgueiro disse...

Olá, Daniel,

Esse movimento sobre a "Pachamama", como eles chamam a "mãe terra" no dialeto aymará do cocalero presidente Morales, é um movimento antigo, apadrinhado nos encontros do Foro de São Paulo, e que vai muito além de preocupações ambientais e climáticas.
Está-se criando uma nova doutrina comunista que se rotulou de "religião verde", onde esta idiotice da mudança climática é o mote, mas por trás está tudo o que prega o marxismo mais rasteiro.
Observe que todos os movimentos ditos "ecológicos" como a criminosa Greenpeace, WWF e outros que vivem fazendo alardes para salvar baleias e outros animais, têm, todas elas, uma concepção comunista de fundo.
Ademais, esse encontro em Cochabamba tem a chancela de Morales, Chávez e... as FARC!
Não sei em que estado você mora, portanto não posso dizer nada a respeito deste Clube de Engenharia, mas acho que seria interessante você assistir, até para refutar as bobagens que vão ser ditas ou mesmo registrar o que vai ser divulgado.
Se puder, me escreva uma mensagem aqui nos comentários com seu e-mail (que NÃO será publicado) para que possamos trocar idéias a respeito. Quem sabe, isto nos dará uma ótima matéria de denúncia?
Agradeço a informação preciosa.
Abração
MG