domingo, 21 de julho de 2013

Uma nota sobre o Foro de São Paulo



Eu havia decidido não me meter nessa questão mas fatos novos surgiram e me vejo no dever de fazer este esclarecimento. Com a proximidade do encontro anual do Foro de São Paulo (FSP) a ser realizado no Brasil entre 31 de julho e 4 de agosto em São Paulo, evidentemente que o tema foi abordado por Olavo de Carvalho em seus artigos e notas que tiveram ampla divulgação pela rede e FaceBook (FB) e também por mim.

Olavo sugeriu uma auditoria no FSP e logo a idéia ganhou a adesão de muitas pessoas. Com a “moda” de manifestações públicas e de se falar do FSP mesmo sem conhecer nada, um grupo de pessoas no FB pensou em fazer cartazes exigindo a auditoria ao Ministério Público e se postar na frente do hotel onde vão acontecer os eventos do Foro. Fui convidada a participar mas, desde o início, fui contra a manifestação, principalmente porque os membros dessa organização não são pessoas comuns e sabemos que há entre eles muitos terroristas perigosos e com extensa ficha criminal. Achei imprudente e inócuo, sobretudo porque não é possível controlar a adesão e nesse meio poderia aparecer pessoas infiltradas, com más intenções, estragando o objetivo primeiro que era a auditoria.

Certo dia uns amigos (de longa data) me chamaram para uma conversa no Skype, porque algumas pessoas queriam saber mais sobre o FSP e como estudo esta organização criminosa há 14 anos, de boa vontade concordei e discutimos até quase 4 da manhã. Apesar de todo o meu esforço, no dia seguinte tomei conhecimento que as pessoas novas que participaram da conversa não aceitaram minhas orientações e insistiam em fazer a manifestação. Decidi, a partir desse momento, não mais colaborar com essas pessoas, quando junto com esses amigos resolvemos criar o “Fora Foro”. A concepção e elaboração tecnológica é deles e eu apenas “alimento” com informações.

O que é o “Fora Foro”? É uma página no FB e um site na internet que se propõe APENAS a informar ao público as atividades do FSP, onde será alimentado freqüentemente com material de fonte primária (do próprio FSP), artigos e vídeos do Olavo de Carvalho, meus e de pessoas que sabemos serem conhecedoras do assunto, nacionais e internacionais.

Ato contínuo, as pessoas que formaram o outro grupo, mas que desejam fazer uma manifestação de rua, utilizaram o mesmo nome criado por este grupo que estou apoiando acrescentando a ele a palavra “conservador”. Ora, nós não somos proprietários de coisa alguma em relação ao FSP, coisa que sempre deixei claro e isso não nos incomodou, até que fui visitá-lo e vi que há incorreções graves que desmerecem todo o esforço de quem, como eu e o Olavo, vimos há décadas denunciando esta organização com base em fontes primárias. Além disso, eles incluíram como informações um artigo meu, e os links do vídeo da palestra que proferi ano passado no CIRCAPE. Não gostei de ver aquilo lá e me queixei pelo FB de que sequer fora consultada. Um dos membros respondeu que não havia nada de ilegal porque haviam indicado as fontes, no que tenho de concordar. Entretanto, não me agrada ver trabalhos meus publicados num site cuja orientação é radicalmente contrária ao que penso e que vem, com estas publicações, enganando os visitantes que assim acreditam que a manifestação conta com meu apoio e aval. NÃO CONTA!

Outra aberração encontra-se na lista de mandatários onde está escrito “Presidente e primeiro-ministros (sic). Ora, durante esses 14 anos estudando com dedicação exclusiva o tema Foro de São Paulo NUNCA vi o nome de nenhum primeiro-ministro como membro da organização, então, diante de tamanha novidade perguntei de onde era (ou eram) os tais e só muitas horas mais tarde me veio a resposta. Publico aqui tal como me foi dito no FB para que não restem dúvidas sobre a seriedade deste grupo:



Quer dizer, “... por ser um dos possíveis nomes para o chefe de governo de uma república...” é querer ser futurista, usar de “achismos” e não um trabalho sério e responsável. Em vez de estudar o que é o FSP e só depois se posicionar a respeito, as pessoas falam daquilo que sua imaginação determina sem nenhum compromisso com a verdade. A única coisa que conseguem com esta atitude irresponsável é danar o trabalho sério de quem quer de fato ver este tema tabu ser posto às claras pela justiça, e enganar quem entra lá pensando que vai finalmente conhecer o que é, o que faz e como opera o Foro de São Paulo.

Não tenho o direito nem muito menos a intenção de ditar regras de vida para ninguém além de mim mesma mas, por questão de honestidade, sobretudo com amigos e leitores, necessitei fazer este esclarecimento que me envergonha e constrange muitíssimo. Quem quiser assinar uma petição em branco e/ou participar da manifestação pública que eles estão programando para o dia 31 de julho, sinta-se livre para fazê-lo mas saiba, com a mais absoluta certeza, de que este grupo NÃO TEM O MEU APOIO, NEM MINHA COLABORAÇÃO, NEM QUALQUER RELAÇÃO COMIGO, SEJA NA MANIFESTAÇÃO, NA ORIENTAÇÃO OU NA PETIÇÃO.

Fiquem com Deus e até a próxima!

Comentários: G. Salgueiro

22 comentários:

Pedro Henrique disse...

Ainda bem que a senhora publicou isso, porque eu não fazia ideia de nada. Milhares de pessoas estao caindo nessa onda. Vou divulgar isso entre meus contatos. Abracos!

G. Salgueiro disse...

Obrigada, Pedro Henrique!
Apesar de constrangedor, era necessário fazer este esclarecimento, sim.
Fico feliz que você tenha entendido.
Que Deus o abençoe.
MG

Lodep disse...

Perfeito! Compartilhando para conhecimento de todos!

#FORAFORO oficial disse...

"...as pessoas falam daquilo que sua imaginação determina sem nenhum compromisso com a verdade..."

Perfeito, Graça. Certeira como sempre.

Abração

Hermés disse...

Vou pedir licença e repetir:
"Como quebrar o círculo vicioso de uma elite inculta guiada por palpiteiros tão ineptos quanto ela mesma?
... tratar dos problemas com seriedade.
Aqui neste blog encontramos o que a turma dos aproveitadores finge que não sabe o que significa.
Agradeço a Graça por manter este blog de pé.

G. Salgueiro disse...

Agradeço aos queridos amigos, "Foraforo oficial" e Hermés, pelo apoio e compreensão.
Como disse ao Pedro Henrique mais acima, me sinto envergonhada e constrangida em ter que escrever uma coisa dessas, mas é extremamente necessário pois, como sabiamente observou o Hermés, é necessário tratar dos problemas com seriedade, coisa que praticamente inexiste no Brasil de hoje.
Obrigada, amigos!
Que Deus nos abençoe e fortaleça a todos.
Abraços
MG

Anônimo disse...

Sempre fui um admirador dos programas, cursos e livros do Olavo de Carvalho. Mas um dos (poucos) pontos que discordo é o seguinte: sua insistência em dizer que devemos estudar profundamente os fenômenos dentro da sociedade, que estão nos ameaçando - o movimento revolucionário, por exemplo- antes de agirmos. Sempre achei que no Brasil, não podemos ser assim. Afinal,estes "fenômenos" já estão batendo à nossa porta, tentando arrombá-la: corrupção, violência, má gestão pública, o direcionamento marxista do governo... Pelo que tenho lido nos sites conservadores americanos, para eles o Brasil JÁ É UM PAÍS MARXISTA... Vamos estudar o que? Infelizmente, a hora é de sair às ruas, ou capitular!
Robson di Cola

G. Salgueiro disse...

Olá, Robson!

Entendo o que você diz e nenhum de nós tem dúvidas quanto a isso, inclusive o próprio Olavo fala há anos sobre o marxismo ser a ideologia dominante nos sucessivos governos de quase 20 anos. Entretanto, o que ele diz em relação a estudar antes de agir, refere-se ao fato de que a direita conservadora não tem militância e sequer sabe direito o que é e como se faz isso. E militância não é sair às ruas, mas fazer um trabalho constante de conscientização, disciplina e estudo - nem tanto sobre o que é o marxismo - além de estudar estratégia, porque disso a esquerda entende perfeitamente bem, daí seu sucesso.
Essas "manifestações" que estão surgindo no Brasil não têm NADA de espontâneas, ao contrário, são organizadas e financiadas por grupos poderosos de esquerda. Os não-equerdistas que estão "surfando nessa onda" estão apenas servindo de massa de manobra da esquerda, que festeja a adesão bovina e ignorante de seus inimigos.
O que este grupo de pessoas do "Foraforo" (o legítimo, que conta com o meu apoio) está fazendo é exatamente isto, uma vez que hoje em dia sou testemunha de que muita gente "fala" no Foro de São Paulo mas não tem a menor idéia do que é esta organização, quais são seus projetos de curto, médio e longo prazo, conforme provei nesta edição. E esse grupo que eu mostrei através da foto prova que ouviu o galo cantar mas não sabe onde e, com essa atitude irresponsável só está dando corda e servindo de escárnio para aqueles a quem dizem combater.
Saber que o Brasil já é um país marxista, por si só, não dá condições de ninguém ir às ruas protestar e daí obter resultados efetivos de mudança. Ou o que se tem visto desde princípios de junho mudou alguma coisa na política, na criminalidade e insegurança nacionais?
Saudações cordiais,
MG

Anônimo disse...

Cara Graça Salgueiro,
Li atentamente tudo o que foi escrito por ti.
Contudo, devo discordar sobre um aspecto e alertar para o possível mal que tuas palavras fazem a um movimento de reação ao avanço da esquerda.
Eu e tu sabemos que estamos a poucos passos de uma tomada de poder, ditatorial ou quase, pela esquerda, que dentro do panorama político brasileiro está em céu de brigadeiro.
Poucas pessoas têm a coragem de reagir fora dos textos, realizar manifestações físicas da reação.
Se este pessoal, ainda que incipiente, aceita a ideia de reagir, que bom que os temos.
Pior seria não haver reação nenhuma.
Claro que poderão ser tachados de reacionários, ultra-conservadores, nazistas e tantos outros adjetivos que ora estão em voga para designar pessoas que não estão alinhadas com a corrente dominante.
Aliás, é bem provável que isto aconteça, dado o domínio da esquerda sobre a mídia.
Porém, rechaçar de público o movimento é desautorizá-lo, expô-lo ao inimigo antes mesmo que se inicie a batalha.
E veja, não apoio o referido movimento,não sei quem o encabeça, mas é melhor um Feliciano - ainda que com suas vicissitudes - apresentando alguma oposição, do que nenhum Feliciano.
Vivemos hoje um Brasil de nenhum Feliciano, e de alguns poucos que escrevem e professam ideias.
Talvez, só talvez, seja possível utilizar o movimento como balão de ensaio, pois a mim parece evidente que nossa apatia será a nossa desgraça.

G. Salgueiro disse...

Prezado "anônimo" das 19:55:

Tenho recusado todas as mensagens sem assinatura mas abro uma exceção à sua, considerando a forma gentil e os argumentos usados.
Mas, veja: minha abjeção expressa nessa nota é à utilização de um grupo sem preparo ou estudo do assunto, de alguns escritos sérios para conclamar a uma manifestação pública.
Se você ler novamente, vai perceber que eu deixei bem claro que não estou tentando impedir ninguém que queira ir, de livre e expontânea vontade, à manifestação, mas que se informe primeiro para saber aonde estão se metendo.
Por outro lado, essas pessoas desse grupo estão irresponsavelmente divulgando informações erradas e iludindo as pessoas.
Quem quiser servir de buxa de canhão, de massa de manobra, vá. Mas não diga que foi por falta de aviso se algo grave acontecer.
Cordialmente,
MG

Milton Simon Pires disse...

Graça, muito obrigado pelo teu importante esclarecimento..Eu te considero provavelmente a maior autoridade no estudo desse grupo criminoso que é o Foro de São Paulo. É muito importante saber tua opinião!

grande abraço aqui de POA,

MP

G. Salgueiro disse...

Obrigada por suas palavras, estimado Milton, que muito me honram.
Sem nenhuma falsa modéstia, reconheço que, pela dedicação, posso ser considerada autoridade no assunto, uma vez que estudo com exclusividade as atividades malignas desta organização há 14 anos, além de dedicar quase a mesma quantidade de anos estudando as organizações terroristas da América Latina, de modo especial as FARC colombianas.
E é por conhecer muito bem como agem os elementos que compõem esta organização, que insisto para que não se lancem nas ruas irresponsavelmente para protestar, porque isto não fará o mais leve arranhão nos planos do FSP. Ao contrário, poderá acarretar danos a quem se expuser. Que Deus não permita isso, mas não custa alertar.
Grande abraço, feliz com sua presença aqui.
MG

gutenberg disse...

Boa noite, Graça
Há algumas semanas publiquei um texto e fotos sobre o tal Hercules da Força Aérea da Venezuela. Havia visto uma referência feita por alguém que postou um pequeno comentário em um blog.
Achei que era razoável e questionei sobre o fato. O grupo que postou originalmente as fotos no Facebook não obteve resposta das autoridades; ou melhor, negaram o pouso do avião.
Como Venezuela faz isso não é de hoje, postei, mesmo que pudesse passar por maluco.
Agora veja, Graça, que o Felipe Patury postou uma nota sobre que grupos radicais estão sendo treinados no Mato Grosso e estão participando de atos em algumas cidades (SP, Rio, etc). Minha intuição diz que isso é fato (li muitas vezes o Mini Manual do Marighela e tenho 64 anos de idade.
Agora juntemos os fatos: boliarianos (cubanos? faquistas?) desembarcaram em Campo Grande.
Patury diz que os guerrilheiros são treinados no MS.
Seria loucura junat A + B?
Os links do Laudaamassada e do Patury seguem em anexo.
O que você acha?
Eu, de minha parte, creio que o que temos visto em P.Alegre, SP, Rio, Fortaleza, Vitória (quanto às depredações, coquetéis...) é algo muito bem coordenado. É o início da etapa de guerrilha urbana.
Posso estar errado, gostaria, até, mas o silêncio de nossas autoridades federais sugere que não.
Precisamos de uma lei anti-terror, ou não?
Abraço.
Deus a proteja.
Gutenberg J.
Laudaamassada

PS. gostou da visita do Papa Francisco?





http://laudaamassada.blogspot.com.br/2013/07/bolivarianos-no-brasil-o-que-fazia-um.html

http://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/felipe-patury/noticia/2013/07/b-base-de-treinamento-da-guerrilha-urbanab.html

G. Salgueiro disse...

Obrigada por seu comentário, Gutenberg!

A propósito disso, escrevi um artigo para o Jornal Inconfidência de Minas que o Heitor De Paola já publicou. Por favor, procure no site dele o artigo "O gosto pela clandestinidade".
Vou ler suas publicações mas estou de acordo com você. Além disso, o XIX Encontro do FSP começou hoje (29) com um curso de capacitação política que vai até o dia 31, quando começa mesmo o encontro.
Quanto ao amado Papa Francisco, só lastimei não estar lá, mas ainda ando suspirando! :-)
Grande abraço e volte sempre!
MG

Kalifa Kadinis disse...

Devemos assistir as palestras do Foro de Sao Paulo?

Kalifa Kadinis disse...

Srta.Graça Salgueiro.Devemos ir assistir as palestras do Foro de Sao Paulo?

G. Salgueiro disse...

Kalifa Kadinis,

Assistir a quais palestras? Segundo informou o Valter Pomar, tentando minimizar a criminologia e oocultação do que ocorre nesses encontros, este ano as palestras vão ser transmitidas ao vivo para quem quiser assistir.
Vou vê-las embora, obviamente, saiba de antemão que as coisas mais sérias que devem permanecer ocultas não serão acessíveis ao público externo, e muito menos os que não pertencem ao FSP.
Se você se referia às palestras feitas por mim, pelo Olavo de Carvalho ou o general Marco Felício, seria interessante para aprender porque nem o PT nem o próprio FSP permitem isso.
Cordialmente,
MG

G. Salgueiro disse...

Kalifa Kadinis,

Eu publiquei e respondi sua primeira pergunta mas vejo-me na obrigação de responder à segunda.
A não ser que você seja membro de algum partido ou organização pertencente ao FSP, sim, pode assistir pagando U$ 50.00.
Quem não é filiado a algum partido-membro, nem pertence a alguma organização que é inscrita no FSP, não tem permissão para se inscrever. Isto está escrito na ficha de inscrição disponível no próprio site do Foro.
Att.,
MG

Manoel Santos disse...

Querida Graça,
Sou um leitor assíduo seu e do Olavo de Carvalho, a quem sempre "usei" como fonte de informação acerca destes bandidos que se apoderaram de governos de países da América Latina.
Também combato estes vagabundos lá no meu humilde cantinho (gentedecente.com.br)com todas as forças que ainda me restam nestes 62 anos de vida e pelo imneso amor que tenho por este país.
Li seu texto com certa dose de apreensão.
Reputo seus conhecimentos, do Olavo e de outros baluartes da defesa deste país, como leitura obrigatória de todos aqueles que desejam INFORMAÇÃO sobre este canalhas, com "I" maiúsculo.
Porém, como ex-militar, é que esta dose de apreensão me rumina as entranhas.
Bolas, se os conhecemos, sabemos como agem, sabemos seus intentos e desejos, então por que esse medo de combatê-los?
Apenas por serem criminosos perigosos? Os traficantes de nossas favelas, muitos deles com ligações com estes cretinos, também o são e só por isso não devem ser combatidos?
Você não acha que já passou da hora de perdermos este medo quase congênito, diria eu, e começarmos urgentemente um processo de "LIMPA BRASIL"?
Será que por medo, o que gera apenas acomodação e silêncio, vamos continuar permitindo que meia dúzia de cretinos continuem a corroer nossa democracia sem que, por medo, façamos nada?
Será que nossa passividade "temerosa", não estaria sendo já vista por estes cretinos como covardia?
Será que não é prova suficiente de que, quando acossados (vide a Rainha do Botox argentino e o canalha Maduro e agora o PT) por manifestações nas quais eles perderam o contrôle, não seria a hora de começar a jogar estes miseráveis no lixo da história?
Por favor, como um de seus muitos admiradores, lhe peço: Não leve este texto como insulto ou qualquer
outra tentativa de menosprezar suas preocupações. Sei que, em parte, elas são válidas, mas o perigo está à espreita.
Hoje as intenções destes calhordas ainda são apenas metas, amanhã podem ser realizações.

G. Salgueiro disse...

Estimado Manoel,

Obrigada por suas palavras gentis que, de modo algum, poderiam ser encaradas como "insultos", uma vez que mostra preocupações legítimas com as quais concordo, mas em parte. E me explico.
Estou certa de que já passou da hora - e há muito tempo! - de enfrentar esta corja comuno-terrorista que nos desgoverna e sobretudo o cérebro disto que é o Foro de São Paulo. Entretanto, sair às ruas atabalhoadamente, sem conhecer o inimigo e o que ele pretende, é insano porque só vai servir de chacota para eles, como cansamos de ver nas manifestações nada espontâneas que vêm ocorrendo desde junho.
E tão certa eu estava que ontem mesmo foi publicado isto aqui, que peço-lhe a gentileza de ler: http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/30352/participantes+do+foro+de+sao+paulo+sao+agredidos+por+grupo+de+extrema+direita.shtml
Não se trata de "medo" mas de atacar com as armas certas, e ir para a frente do hotel onde estão acontecendo os eventos, é de uma inocuidade pueril!
Ou você acha que uma bando de irresponsáveis fazendo arruaça e gritando "fora foro de são paulo" vai sequer abalar as estruturas deles? Você acha que eles vão temer? Vão mudar o curso do planejado por causa de meia dúzia de bobocas que não entendem NADA dessa organização intercontinental? Que não sabe quais seus métodos de ação?
Há quem diga que essas pessoas citadas na matéria que recomendo acima foram mandadas pelas pessoas do próprio evento, para ter a chance de condenar a suposta "direita fascista". Pode ser mas não acredito porque vi, aqui mesmo, um comentário que não quis publicar, onde a pessoa me chamava de "covarde" e "ingênua", e que as pessoas deveriam ir e jogar conquetéis molotov no hotel. E daí? Desmerece totalmente o trabalho que estamos fazendo, a duras penas, de informar, esclarecer, estudar - sobretudo isso, que ninguém faz! - e tentar pelas vias jurídicas pedir uma auditoria nas contas do FSP. Disso eles têm medo, não de um bando de idiotas gritando palavra de ordem, e lutando por um monstro de quem não conhecem absolutamente NADA!
Veja o trabalho que estamos fazendo no site www.foraforo.org.
E, a propósito desta manifestação descabida, sobrou para o Olavo, conforme adverti aqui e no FaceBook exaustivamente, pois para a esquerda o Olavo foi o "mentor" desses vândalos.
Agradeço mais uma vez suas palavras de apoio mas não é indo para as ruas que vamos destruir esse monstro.
Abraço cordial,
MG

Kalifa Kadinis disse...

Alguém sabe onde eu encontro os livros do autor Sergio de Avellar Coutinho para comprar?
Eu fui no site do grupo inconfidência e não consigo entrar em contato com o pessoal de lá,nem no "Fale conosco",muito menos por e-mail,que quando envio o e-mail ele volta dizendo que não existe.
No sebo também não encontro.

Já fique agradecido desde já pela atenção e ajuda.

Anônimo disse...

O MAIS INCRIVEL É A PERFEICAO do esquema do Foro de São Paulo, a unica ferramenta que eles tão perdidos na censura é a Internet. O resto é brilhante, Globo, SBT, BAND... Qualquer coisa ninguem da nem um PIUzinho se quer sobre o Foro de Sao Paulo. E os videos do Foro de Sao paulo seriam perefeitos para partidos de oposição derrubar o PT. Mais nem mesmo eles usam pq, como o Olavo de Carvalho diz eles só querem carguinhos e vida facil e isso o PT junto aos bancos proporcionam a eles.