terça-feira, 22 de maio de 2012

Tentam atentar contra Uribe, após fracasso com Londoño!

O Notalatina volta a falar no atentado sofrido por Dr Fernando Londoño há 8 dias, no centro de Bogotá, apresentando dois áudios produzidos por ele hoje em seu programa “La Hora de la Verdad”. O primeiro onde ele relata aos seus colegas de mesa de trabalho como ocorreu o atentado, suas sensações, sua dor ao conhecer que seus amigos e escoltas haviam morrido, tudo relatado de uma forma dramática e sentida que torna-se impossível, até aos corações mais duros e insensíveis, não se comover. 

E o segundo, em seu Editorial, ele comenta sobre os motivos que levaram seus inimigos, os inimigos da liberdade e da democracia, a realizar ato tão brutal e inumano contra pessoas inocentes. É, sobretudo, um agradecimento a Deus pela sua vida e o reconhecimento de que ele tem de fato uma missão a cumprir que ainda não está concluída. Minhas palavras seriam demais e inúteis para descrever tudo o que foi dito neste programa de hoje, por isso convido-os a ouvir as duas alocuções.
 
Mas esta edição faz um paralelo entre alguns fatos ocorridos há apenas uma semana e intimamente relacionados, começando pelo atentado ao Dr. Londoño, passando por ações das FARC e uma tentativa de atentado ao ex-presidente Uribe que seria perpetrado amanhã, na Argentina, onde ele vai oferecer uma palestra e que felizmente foi abortado em tempo.
Como todos sabem, as FARC mantêm seqüestrado o jornalista francês Romeu Langlois, que no dia 28 de abril acompanhava um grupo de militares supostamente para fazer um documentário sobre a erradicação de plantação de coca. Langlois usava capacete e colete à prova de balas e na emboscada, que deixou 6 militares mortos e outros feridos, em vez de buscar proteção com os militares o jornalista correu em direção às FARC. Esse jornalista vive na Colômbia há mais de 12 anos e já fez um documentários com o bando comuno-terrorista, levantando suspeitas de que ele mantém laços de amizades com as FARC. Dias depois, em um comunicado feito em vídeo um terrorista confirma que o francês está com eles e que, apesar de ferido em um braço, foi medicado, passa bem e que em breve será liberado. Passado quase um mês, agora que as FARC voltaram a ganhar as páginas dos noticiários internacionais, começaram a impor “condições” para libertar o jornalista. E o governo brasileiro, cúmplice dos “compatriotas” terroristas, já se ofereceu para colaborar no espetáculo macabro.
Nesse episódio do jornalista francês as FARC anunciaram que haviam se comprometido com o governo de que não mais fariam seqüestros, entretanto, na semana passada as FARC invadiram uma escola no Puntumayo e seqüestraram 13 meninos com idades que vão dos 10 aos 13 anos. O fato chegou ao conhecimento da ONU que “pede” que as crianças “recrutadas” sejam imediatamente libertadas. Isto é tudo o que estes organismos internacionais fazem porque são cúmplices e dão apoio irrestrito sempre, enquanto as crianças colombianas são seqüestradas na base do engano e da mentira, tornando-se escravas para servir de bucha de canhão de uma guerra insana, miserável e que busca somente a tomada do poder para implantar um governo ditatorial comunista.
Ontem as FARC fizeram mais vítimas militares num brutal assassinato a 12 militares - um oficial, um sub-oficial e dez soldados -, num desproporcional ataque onde entre 80 a 90 terroristas atacaram 30 militares na zona rural da Guajira, na fronteira com a Venezuela. A cada dia que passa o presidente Santos é mais repudiado pela população, sobretudo por suas leviandades e desprezo à segurança, traindo os mais de 9 milhões de cidadãos que o elegeram acreditando que ele iria dar continuidade à plataforma implantada por Uribe e que ele assegurava que era seu objetivo principal.

Pois bem, essa zona onde houve o ataque dista apenas 150 metros do território venezuelano e foi voz corrente (inclusive eu mesma afirmei isso assim que tomei conhecimento) de que os terroristas das FARC vinham de um acampamento DENTRO da Venezuela, atacaram e voltaram ao seu refúgio. Num comunicado para anunciar esse ataque, Santos, que vem sendo duramente criticado por seus afagos e promessas de conversação com o bando terrorista, teve o descaramento de dizer que “as FARC estão desesperadas pela ofensiva”. Vejam uma das fotos do atentado. Vejam os rostos dos soldados. Quase meninos sendo massacrados e dizimados diariamente pela incúria desse presidente inepto e conivente com os crimes cometidos pelo ditador da Venezuela, que ainda teve a desfaçatez de dizer que “alertou” Chávez de que os terroristas “poderiam” ter-se refugiado em seu território e que Chávez lhe assegurou que tem “um compromisso de não permitir a presença de organizações armadas ilegais em seu território”. E, claro, Santos acreditou!
Entretanto, o comandante do Exército, general Sergio Mantilla, afirmou hoje à tarde em uma entrevista à rádio Caracol, claramente esquerdista, anti-uribista e pró-fariana, o que todos já sabíamos: “Os guerrilheiros haviam saído e entrado novamente na Venezuela”. Resta vez qual vai ser a reação de Santos e do lado de quem vai ficar: da verdade que ele SABE desde sempre, ou de seu “mais novo melhor amigo”.
E finalmente a tentativa de atentado contra a vida de Uribe. Há poucos dias Uribe ofereceu uma longa entrevista a uma jornalista venezuelana do canal “SoiTV”, dos Estados Unidos (ver no final desta edição), onde fala com a mais absoluta franqueza de seu descontentamento com os rumos que Santos está dando ao país, chama-o de “traidor”, refere-se à Venezuela como “ditadura” e faz críticas duríssimas a Santos por suas alianças com Chávez, uma vez que quando era seu ministro de Defesa ele SABIA que as FARC e o ELN têm não só acampamentos fixos na Venezuela como têm apoio e livre trânsito no governo de Chávez e com os altos escalões militares. No vídeo abaixo novamente Uribe critica duramente as alianças de Santos com Chávez e acusa Chávez e Santos de serem responsáveis pelos atentados dos últimos dias e oxalá isto tenha sido um dos motivos de essa bomba na Argentina. Neste vídeo ainda há depoimento de Pablo Medina acusando Chávez pelas mesmas razões. Vejam: 
 

Então, hoje descobriu-se uma bomba colocada em uma das lâmpadas do teatro Gran Rex, em Buenos Aires, onde Uribe fará amanhã uma palestra. A bomba foi encontrada casualmente por um empregado da limpeza que acionou a polícia. Esta de imediato enviou a brigada anti-explosivos que evacuou o teatro e as imediações. Segundo explicações da Polícia, o artefato constava de dois telefones celulares presos por uma ignição que, ao ser chamado, explodiria, tal e como se fez no atentado ao Clube El Nogal e ao carro de Fernando Londoño.
Sabendo da visita de Uribe na Argentina, colombianos anti-uribistas que vivem lá haviam programado uma marcha de protesto. Sabemos que as FARC já têm células na Argentina e que treinou “piqueteros”, um bando delinqüencial comandado por Luis D’Elia, que exerce cargo de secretário de Direitos Humanos no governo de Cristina Kirchner. 
Seria “coincidência” essa bomba quando já é sabido que as pessoas que promovem essas marchas anti-democráticas são orientadas pelas FARC, como ficou comprovado na “Marcha Patriótica” ocorrida em abril na Colômbia? Seria “coincidência” que atentassem contra a vida de Uribe depois de terem fracassado na tentativa ao Dr Fernando Londoño? Seria “coincidência” tantos ataques e atos terroristas das FARC, depois que foi aprovado pelo Congresso colombiano a Lei de Impunidade que perdoará e apagará as fichas criminais de todos estes psicopatas terroristas, cujos membros são mantidos ideologicamente ou oriundos do Partido Comunista Colombiano, também membro do Foro de São Paulo? Não. Tudo isto é um plano bem urdido para destruir a democracia, não só na Colômbia mas em todo o continente, para desmoralizar e destruir as Forças Militares e todos aqueles que lutam corajosamente contra o comunismo e seus planos de escravização e barbárie.
Muita água ainda vai rolar por baixo desta ponte mas asseguro que os colombianos não vão permitir que se destrua sua democracia e, se preciso for, derrubam o presidente Juan Manuel Santos por traidor da Pátria, traidor do juramento feito em sua posse “perante Deus e o povo colombiano” porque nas veias daquele povo que sofre há quase 60 anos o flagelo de um guerra irregular sem trégua, que assassina diariamente seus soldados, seus policiais, suas crianças, homens, mulheres e idosos, corre sangue, honra e clama por justiça. Ninguém agüenta mais! Chega de impunidade e proteção a bandidos desalmados que não querem paz, não querem vida digna, que são movidos apenas pelo ódio, a vingança e o ressentimento! Basta! NÃO MAIS FARC! NÃO MAIS TERRORISMO! NÃO MAIS CHÁVEZ! NÃO MAIS ACORDOS E LEIS IMORAIS A FAVOR DE TERRORISTAS!!! Fiquem com Deus e até a próxima!

Comentários e traduções: G. Salgueiro

8 comentários:

Luis Villamarin disse...

Tienes toda la razón Gracia. Las farc y sus cómplices están empeñados en un aguerra contra Colombia, contra la democracia y la libertad del continente. Sus tentáculos se exteinden a todo el continente. Lo sucedido en Argentina con el atentado fallido contra el presidente Uribe corrobora la autoría del atentado contra el exministro Londoño y el serio empeño de los terroristas latinomericanos por legitimar a las Farc.

G. Salgueiro disse...

Muchísimas gracias, mi coronel Villamarín!
El comentario de alguien de tu talla es un honor y corrobora que mis análisis están en el camino correcto.
Dios te guarde, amigo mío!
Saludos!

Hermés disse...

Os chupa-mídias, usando a expressão de Ricardo Puentes, querem desviar a atenção e colocar na mão da direita a orquestração do episódio.

Como escreveu o coronel Villamarín: "É decisivo que a inteligência militar, em todos os níveis, sacuda a poeira da inércia e tire do panorama a miopia frente à intenção estratégica das FARC."

Eu repito, atenção militares brasileiros! Estudem o que ocorre na Colômbia e na Iberoamérica. Aqui nada é diferente, é pior e mais grave e vocês teimam ou fingem não enxergar.

G. Salgueiro disse...

Muitíssimo grata por seu comentário, meu estimado Hermés!
Suas palavras são corretíssimas e oxalá tenham eco, porque já esgotei meus argumentos em tentar fazer os brasileiros, sobretudo os militares, ver que esta guerra NÃO é só da Colômbia mas de todo o contiente, onde o Brasil se insere em quase metade do território!
Grande abraço!
MG

Junior (TO) disse...

Cara dona do blog, gostaria de compartilhar a satisfacao por mim experimentada ao ler as instrutivas e bem redigidas noticias veiculadas neste espaco virtual. Seguindo recomendacoes do querido professor Olavo de Catvalho, decidi visitar seu espaco. Espantei-me com a profusao de verdades e analises sensatas, atuais e desapaixonadas do cenario hodierno do nosso continente. Teco esse prologo para lhe informar que de hoje em diante teras um novo e assiduo leitor. Surpreenda-me, pois. :-)

A proposito do marco para a paz, aprovado pela camara dos representantes da Colombia, procurei em todos os noticiosos de destaque do Brasil, mas nao encontrei uma misera linha a respeito.

Porque sera?

PS - perdoe-me os erros gramaticais; digitar em um tablet nao e meu forte, ainda!

G. Salgueiro disse...

Prezado Junior (TO),

Você pede que eu o surpreenda e observa que nada foi dito nos jornais brasileiros sobre a lei da impunidade (Marco Legal para a Paz). Não será isto já uma surpresa?

Quanto a não encontrar nada sobre esse tema no Brasil, é isto que justifica a existência desse blog: "informar o que se esconde sobre a política na América Latina".

Obrigada pelo seu comentário e volte sempre!

Abraço,
MG

Fiszpan Porcel disse...

Venho aqui por meio desta apresentar-me novamente depois de quase uma era sem aparecer. Chame-me Fiszpan -- assim apresento um artigo no meu novo blog (blog pessoal, não um blog temático).

http://blog.almadialetica.com.br/2012/05/o-assedio-moral-socialista.html

Quanto ao post (pra não ser flood), volto-me ao caro Junior com estas palavras: faz parte do jogo da esquerda o esconder a verdade e revelar-nos apenas as fábulas. Não espere saber da verdade, a não ser que a busque com perseverança. É como nas ciências ditas ocultas: a verdade não está lá.

Busque a verdade de todo o coração, de todo o entendimento e com toda a sinceridade. Não se deixe enganar pelo floreio que eles fazem, pelo dourar da pílula. Infelizmente, vivemos nesta Matrix mas não fazemos parte dela. Precisamos rompê-la e não só: precisamos resgatar os que nos são preciosos, nossas pérolas de grande valor.

Minha cara Graça, muito grato pela chance, oportunidade e pela postagem ^_^

Att. Fiszpan

G. Salgueiro disse...

Meu caro Fiszpan,

Seja bem-vindo!
Vou visitar seu novo blog com prazer.
Obrigada pelo comentário e dica do blog.
Grande abraço!
MG